O espelho

Olhei-me hoje no espelho e, pela primeira vez em muitos anos, pude sentir o peso da minha idade. Sempre achei que permaneceria jovem para sempre e quando vi aquela imagem no espelho me assustei, pois quase não me reconheci.

Eu não sabia quem era aquela mulher de olhos entristecidos e enevoados, cujo passado fora tão glorioso. Seus cabelos já meio brancos caiam sobre sua testa de maneira desordenada e em nada lembravam a jovem vaidosa do passado.

Em outros tempos, eu jamais permitiria que meus cabelos ficassem brancos e despenteados, porque estavam sempre impecavelmente arrumados. Eu nunca saia de casa sem uma maquiagem e cabelos perfeitos. Minhas roupas eram sempre belíssimas e todos comentavam sobre minha beleza e elegância.

image

 

E aquilo que vi me causou um enorme estranhamento, pois pude sentir o peso do mundo nos meus ombros. Eu não tinha forças para me levantar daquela cadeira no quarto. Minhas pernas e braços já não queriam me obedecer e senti muita dor ao tentar mover-me. Será que estaria sonhando, que aquela mulher no espelho não era quem eu pensava ser ?

Talvez fosse apenas um pesadelo que iria embora quando eu acordasse…Mas, de verdade, eu estava bem desperta e sabia que meu desejo era apenas um desejo.

A realidade batia de frente naquele rosto envelhecido que me olhava estranhamente…O que teria acontecido comigo, como a vida havia me trazido até aquele momento ? Quem era aquela outra no espelho ? Todos esses questionamentos giravam em minha mente, meio entorpecida, por aquela visão sombria…

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *